Translate

quinta-feira, 22 de agosto de 2019

Vai começar o maior espetáculo da tela! vem ai os desfiles do Carnaval Virtual

Por Carnaval Virtual
Neste fim de semana acontecerão os desfiles das escolas de samba virtuais do Grupo de Acesso!!!
Para acompanhar, basta acessar o site do Carnaval Virtual (www.carnavalvirtual.com.br) nos dias dias 23 e 24 de Agosto a partir das 21 horas!
Caso prefira, você também pode baixar o app do Carnaval Virtual disponível para celulares com Android. O aplicativo Carnava Virtual foi criado para os amantes de carnaval poderem acompanhar nossos desfiles. Ele conta com um módulo de rádio Online e a passarela de desfile. Acompanhe notícias pelas nossas notificações Push e fique por dentro de tudo que acontece no Carnaval Virtual.
Baixe por aqui: http://abre.ai/aglL
Confirme sua presença no evento clicando aqui!
Ordem dos desfiles:
SEXTA-FEIRA 23/08
1º Malandros
2º Corações Unidos
3º Caprichosos do Boa Vista
4º Curral das Éguas
5º Gres Saudade
6º Império Iguaçuano
7º Império de Órion
8º Arautos do Cerrado
9º Nação Imperial
10º Encantados da Serra
11º Deixa de Truque
12º Simpatia Real
13º Colorados do Samba
SÁBADO 24/08
1º Império de Niterói
2º Comunidade do Samba
3º Filhos do Tigre
4º Império da Fênix
5º Morro do Esplendor
6º Estrela Guia
7º União de Sepetiba
8º Unidos do Tijucano
9º Império da Carlota
10º Independentes
11º Unidos de Franco da Rocha
12º Realeza do Samba
13º Nobreza da Baixada
14º Apoteose
Nos acompanhe também pelas redes sociais!
Instagram: carnavalvirtual_oficial
facebook: https://www.facebook.com/carnavalvirtualoficial/
Vem com a gente,
Carnaval Virtual!
Todos Juntos Nesta Folia
Fonte: www.srzd.com

Dia do Folclore

quarta-feira, 21 de agosto de 2019

Portela abre venda de ingressos para semifinal e final de samba-enredo

Entradas para eliminatória com Chave Única dos sambas também já estão disponíveis  
A diretoria da Portela iniciou a venda de ingressos para a semifinal e para a grande final de samba-enredo, marcadas para os dias 6 de outubro e 11 de outubro, respectivamente. Também já estão disponíveis na bilheteria da quadra e pela internet as entradas para a eliminatória do dia 29 de setembro, que marcará a unificação das chaves Azul e Branca.
A disputa de samba-enredo na maior campeã do carnaval carioca vai começar no dia 13 de setembro, a partir das 22h, com apresentação dos sambas da Chave Azul. Em 2020, a escola será a sétima a desfilar no Domingo de Carnaval, na Sapucaí, com o enredo "Guajupiá, Tera Sem Males", dos carnavalescos Renato Lage e Márcia Lage.
Serviço completo dos eventos com ingressos à venda:
Eliminatória de samba-enredo (Chave Única)
Data: 29/9 (domingo) 
Horário: 16h
Preços: 
Pista individual: R$ 10 (meia-entrada) / R$ 20 (inteira)
Mesa: R$ 40 (com quatro lugares)
Camarote superior (c/15 lugares): R$ 280
Camarote inferior (c/15 lugares): R$ 180
Vendas pela internet ou na bilheteria da quadra (Rua Clara Nunes 81, Madureira - de segunda a sexta-feira, de 9h às 17h. Telefone: (21) 3256-9411). 
*******************************************************************************
 
Semifinal de samba-enredo da Portela
Data: 6/10 (domingo) 
Horário: 16h
Preços: 
Pista individual: R$ 20 (meia-entrada) / R$ 40 (inteira)
Mesa (com quatro lugares): R$ 90
Camarote superior (c/15 lugares): R$ 450
Camarote inferior (c/15 lugares): R$ 300
Lounge (individual): R$ 30 (meia-entrada) e R$ 60 (inteira)
Passaporte Finalíssima: R$ 45 (pista individual meia- entrada) (ganha ingresso para semifinal e finalíssima). Promoção para os 180 primeiros pagantes. 
Vendas pela internet ou na bilheteria da quadra (Rua Clara Nunes 81, Madureira - de segunda a sexta-feira, de 9h às 17h. Telefone: (21) 3256-9411)

*******************************************************************************
Grande final de samba-enredo da Portela
Data: 11/10 (sexta-feira) 
Horário: 22h
Classificação: 18 anos
Preços: 
Pista individual (1º lote - antecipado): R$ 40 (meia-entrada) / R$ 80 (inteira)
Pista individual (2º lote): R$ 60 (meia-entrada)/ R$ 120 (inteira)
Mesas (com quatro lugares): R$ 280
Camarote superior (c/15 lugares): R$ 3.000,00
Camarote inferior (c/15 lugares): R$ 2.500,00
Vendas pela internet ou na bilheteria da quadra (Rua Clara Nunes 81, Madureira - de segunda a sexta-feira, de 9h às 17h. Telefone: (21) 3256-9411)

Presidentes de Vila e Portela veem com bons olhos a entrada de Witzel no carnaval

Por Lucas Santos
Após o Secretário estadual de Cultura Ruan Lira afirmar que o poder público vai voltar a “abraçar o carnaval” sinalizando uma aproximação entre o governo do estado e a festa, a promessa de um novo momento para as escolas tem animado alguns presidentes. Ruan Lira esteve presente na quadra do Salgueiro em um  dos dias do “Salgueiro Convida” apresentando a intenção do governador Witzel de trazer para si a responsabilidade de ajudar a organizar o carnaval do Rio, principalmente em relação aos desfiles das escolas de samba e à administração do sambódromo.
Para o presidente da Vila Isabel, Fernando Fernandes, que falou sobre o assunto à reportagem do CARNAVALESCO durante o “Salgueiro Convida” do último sábado, a  entrada de Witzel pode compensar o desinteresse pela festa que, na opinião de Fernando, acontece por parte do prefeito Marcelo Crivella. 
“Conversei com o Witzel. Ele já foi até a nossa quadra em Vila Isabel e me parece uma pessoa com boa vontade para auxiliar o carnaval. De quem a gente não pode esperar é do prefeito que é uma incógnita, uma pessoa que não gosta do carnaval. Agora no governador, eu vejo seriedade”.
Ao ser questionado sobre a possibilidade de haver apoio financeiro do governo Witzel para o Carnaval 2020, Fernando Fernandes se manteve otimista.
“Para 2020 já ter verba do estado é só querer, ter boa vontade. E, vejo isso no Witzel. Acho que o Witzel e o Secretário de Cultura vão abraçar essa causa”.
Já para o presidente da Portela, Luiz Carlos Magalhães, o governador entra em boa hora e lembra que o governo do estado já colaborou financeiramente em 2019 quando, por meio da Lei estadual do ICMS, foi possível o apoio da Light, através da Secretaria estadual de Cultura, com R$ 1 milhão para cada escola e R$ 1 milhão para os ensaios técnicos.
“Olha, é a grande esperança, né? Ano passado, ele já salvou o carnaval com um milhão pra cada escola, uma sintonia com a Liesa e mais a ajuda da rede Globo. Esse ano também o que deve ajudar, são os ingressos, mais gente comprando. Deste somatório de recursos é que sairá o carnaval. Mas, esperamos de novo a ajuda dele (Governador Wilson Witzel).”
No último dia 13 de agosto, em participação em encontro na Associação Comercial do Rio de Janeiro, o secretário Ruan Lira expôs projetos para o Carnaval e colocou a festa na linha de frente de intenções da Secretaria de Cultura.

Governador recebe dirigentes da Lierj, Liesb e Aesm-Rio no Palácio Guanabara

Por Fábio Silva
Equipe de trabalho criará estratégias para profissionalização do Carnaval do Rio de Janeiro

A tarde desta terça-feira (20) foi de extrema importância para os rumos do Carnaval do Rio de Janeiro. Dirigentes da Lierj (Liga das Escolas de Samba do Rio de Janeiro), da Liesb (Liga Independente das Escolas de Samba do Brasil) e da Aesm-Rio (Liga das Escolas de Samba Mirins) estiveram no Palácio Guanabara, onde foram recebidos pelo Governador Wilson Witzel e traçaram metas para o Maior Espetáculo da Terra.

Presidente da Lierj, Wallace Palhares agradeceu o carinho que o Governador tem demonstrado pelo Carnaval e enfatizou a importância de uma mobilização para a construção da Cidade do Samba 2, como uma das prioridades na parceria.

- O Governador entendeu a necessidade que as escolas da Série A tem hoje por conta da falta de barracões, algo que vem sendo olhado de perto pelo Secretário de Cultura Ruan Lira, inclusive já estamos em busca de terreno que seja viável - destacou Palhares.

O Presidente da Liesb, Clayton Ferreira, expôs a importância do fortalecimento do Carnaval como um todo, inclusive aproveitando a presença do Presidente da Aesm-Rio, Edson Marinho, destacou a necessidade de se apoiar as escolas mirins.

- Com os sucessivos cortes de verba, quem mais sentiu foram as escolas da Intendente Magalhães e as mirins. O apoio do Governador será fundamental para o fortalecimento do Grupo Especial e de Acesso da Intendente, mas também para as crianças que fecham o carnaval da Sapucaí na terça-feira - destacou Ferreira.

Apaixonado pelo samba, o Governador Wilson Witzel destacou a necessidade de uma profissionalização do Carnaval do Rio de Janeiro, mobilizando sua equipe de governo para viabilizar uma melhor estruturação do espetáculo, que é a principal manifestação cultural do estado.

- Vamos montar uma equipe para colocar em prática um projeto de profissionalização do Carnaval, onde estarei à frente, pois precisamos estruturar e fortalecer o espetáculo como fonte de turismo para nosso estado - declarou Witzel.

A reunião foi importante para o fortalecimento das ligas que organizam os grupos de acesso do Carnaval Carioca, tanto na Marquês de Sapucaí, como também na Intendente Magalhães. As agremiações da Série A estão em fase de escolha dos sambas-enredo, que serão gravados durante o mês de setembro e lançados posteriormente no canal oficial da gravadora Som Livre, na plataforma youtube.

terça-feira, 20 de agosto de 2019

Estado estuda carnaval fora de época no Sambódromo em outubro, com escolas de samba e blocos

Por Fábio Silva
Durante quatro dias do mês de outubro, o Sambódromo poderá sediar um carnaval fora de época, com apresentações de escolas de samba e blocos de rua do Rio e do Nordeste. 

O governador Wilson Witzel passou a estudar a possibilidade de um carnaval fora de época ao receber, nesta segunda-feira (19), uma proposta da iniciativa privada. Witzel também pedirá a Marcelo Crivella que, durante os desfiles do carnaval oficial, a Comlurb continue atuando na limpeza da Avenida - o prefeito previa a extinção do apoio logístico. A cerimônia que oficializará a transferência do Sambódromo da prefeitura para o estado ocorrerá em duas semanas, com a presença de escolas samba. 

Em 2020, durante a festa de Momo, a gestão da Sapucaí será compartilhada entre governo estadual e prefeitura.

- Recebemos proposta para a realização de um grande carnaval na Sapucaí em outubro. Um espetáculo diferenciado, com a beleza e a energia do carnaval, mas sem o clima de disputa entre as escolas. Como quero manter o Sambódromo ativo durante todo o ano, estamos estudando essa e também outras propostas - disse Witzel ao GLOBO.

- A ideia é que sejam quatro dias de evento, com escolas de samba do Rio e também blocos de rua do Rio e do Nordeste, provavelmente da Bahia e de Pernambuco. Algo como um Rock in Rio do samba, com público de 40 mil pessoas por dia. Entraria para o calendário de grandes eventos do estado - avaliou Rodrigo Castro, subsecretário de Eventos da Secretaria Estadual de Cultura e Economia Criativa. Na proposta apresentada pela iniciativa privada, parte dos ingressos seria vendida a preços populares

* As informações são do Jornal Extra

quarta-feira, 14 de agosto de 2019

‘A Portela é um marco na minha carreira’, diz Renato Lage

Por Guilherme Ayupp
A Portela teve nos últimos carnavais dois dos principais carnavalescos da história dos desfiles. Alexandre Louzada, em 2014 e 2015, Paulo Barros, em 2016 e 2017, e Rosa Magalhães, em 2018 e 2019. Com Renato Lage e Márcia Lage, contratados para 2020, a escola segue na linha de grandes nomes da folia desenvolvendo seus enredos. Renato Lage falou ao site CARNAVALESCO que sua chegada na maior campeã do carnaval é um marco em sua carreira. Lage garante uma águia inesquecível e fala do enredo ‘Guajupiá, Terra sem males’.
“É interessante pois até então a gente tinha feito temáticas indígenas poucas vezes e nenhuma por completo. Será a primeira vez assim na íntegra. É um enredo que nos dá muita referência boa. Acredito em um carnaval de uma visão indígena diferenciada, sem aquela que estamos acostumados ao nosso estilo, da nossa maneira. Os portelenses só querem saber da águia, brincam que não interessa o resto. A águia vai vir arrebentando, pode apostar. As coisas estão conspirando à favor, adorei a escola fechar o desfile de domingo, 50 anos depois do lendário ‘Lendas e Mistérios da Amazônia’. É uma escola que tem uma pegada forte de paixão. É um marco na minha carreira. Fui muito bem recebido e tratado com respeito”, diz.
A temática indígena de fato não se faz presenta na trajetória de Renato Lage no carnaval. O mais marcante desfile de sua autoria que teve pinceladas dessa estética foi na Mocidade em 1999, com ‘Villa-Lobos e a apoteose brasileira’. O carnavalesco conta que o enredo aguardou até o último instante uma proposta de patrocínio.
“A escola aguardava patrocínios e essa questão da Liesa atrasou e nos deixou ressabiados. Graças a Deus tudo entrou nos eixos. O enredo é autoral, mas eu penso que todos são autorais. Os especialistas catedráticos é que entram nessa de autoral, patrocinado. Estamos acreditando na Portela e ela e em nós”
Márcia Lage, que no dia da entrega da sinopse na Portelinha, ostentava um cocar usado no desfile de Villa-Lobos, pediu aos compositores liberdade na criação, fugindo de receitas prontas para criar as obras. Márcia esmiúça a temática do enredo da Portela à nossa reportagem.
“Queremos que os compositores criem, que fujam da receita de bolo. Esse enredo é solar, combina com o raiar do dia. Vai casar muito com nossa ordem de desfile. A visão primal de um Rio virgem, mas uma visão indígena. O Guajupiá é o paraíso deles. Tentamos trazer esse olhar perdido, de valorizar as belezas naturais e dessa forma voltar a criar um elo com essa cultura. Esquecemos que somos oriundos dos índios. Para mim pessoalmente ter reconhecido e me encontrado com essa gênese me trouxe uma força muito boa. É um papel nosso, quase uma missão, a reintegração do povo indígena. Os proprietários disso aqui não devem ser tão ignorados como são”.